domingo, 6 de janeiro de 2008

Armageddon

Armageddon - Pôster
Hoje a glóbulos reprisou pela 73ª vez Armageddon. Acho que não há ser humano em sã consciência que nunca tenha assistido esse filme, em todo caso, vale uma resenha.

>> Filme de 1998, ficção científica, dirigido por Michael Bay [Bad Boys, Pearl Harbor, Transformers], fez bastante sucesso com o público, mas não com a crítica especializada.

Do nada uma chuva de meteoros atinge Nova York, trazendo pânico e destruição (incluindo a destruição das torres gêmeas, que fez com que o filme ficasse suspenso nos EUA por algum tempo). Mas o problema maior estava por vim... Descobre-se que os meteoritos são lascas de um meteoro muito maior e que em pouco tempo esse meteoro se chocaria com a Terra, simplesmente acabando com tudo.

A melhor forma de acabar com a ameaça seria cravar uma bomba nuclear dentro do meteoro, fazendo com que ele se dividisse e sua rota desviasse da Terra. Queéeeeem seria o perfurador do meteoro? Harry Stamper (Bruce Willis), o melhor perfurador de poços de petróleo do mundo, junto com a sua trupe de desajustados. É óbvio que o desenrolar do filme se restringe em vão ou não vão conseguir salvar os coitadinhos indefesos do quiridu praneta Terra?!?!?

O filme conta ainda com Ben Affleck [Pearl Harbor] no papel de mocinho e Liv Tyler [Senhor do Anéis] - filha de Steven Tyler, do Aerosmith - como tchutchuca indefesa do filme.

Por que foi tão criticado? Porque abusa dos efeitos especiais, sons estrondosos, raios luminosos e explosões grotescas, e uma falta de emoção que chega a "emputecer". Resumindo, não surpreende... Mas cumpre o papel de mega-produção, e diverte.

Um ponto forte do filme é a trilha sonora regada por arranjos instrumentais de primeira, ainda com palhinhas de músicas célebres do Aerosmith, como a consagrada I Don't Want to Miss a Thing.

Trailer Oficial do Filme, em inglês



Aerosmith - I Don't Want to Miss a Thing




Nota: [3,5/5]

Agora me vejo obrigado a criticar a rede grobal que cortou tanto o filme que fez com que ele parecesse mais uma apresentação do PowerPoint do que uma película... A edição parecia trabalho escolar feito no Movie Maker... Mandou muito mal global!!!

See ya!

3 comentários:

Gringo ][PCT][ disse...

Fala Jude!! bom, vc falou tudo, naum aguento mais ver o filme passar e depois passar a semana intera ouvindo aerosmith por tabela, axo q ninguem lembra da musica sem q ela toque em um filme q vc ja cansou de assistir, mas q mesmo assim, todo mundo axa linda

Bárbara Chantal disse...

Apesar de ser reprise e super mal cortado, eu sempre assito!

Nanda Saldanha disse...

Apesar de velho e batido.. eu gosto bastante desse filme.. rs

Postar um comentário